Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Seminário de Autoavaliação projeta planejamento estratégico do PPGES
Início do conteúdo da página

Seminário de Autoavaliação projeta planejamento estratégico do PPGES

  • Publicado: Segunda, 22 de Março de 2021, 16h35
  • Última atualização em Segunda, 22 de Março de 2021, 16h43
  • Acessos: 262

No período de 17 a 19 de março de 2021 ocorreu o II Seminário de Autoavaliação do Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade da Universidade Federal do Sul da Bahia (PPGES/UFSB). O evento contou com a participação significativa de presenças internas e externas ao programa para debater os resultados do I Seminário (ocorrido na transição entre os anos de 2019-2020), assim como qualificou as projeções do planejamento estratégico para o quadriênio 2021-2024.

O II Seminário foi totalmente on line. A pauta do evento foi gerada a partir do anúncio da sua missão institucional, qual seja: “reafirmar o seu compromisso com a promoção do conhecimento interdisciplinar no âmbito das Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas, priorizando novos enfoques e relações entre Direito, Administração, Economia e Ciências Sociais”.

foto ppges

No primeiro dia foi apresentado um panorama geral do primeiro quadriênio (2017-2020) de existência do PPGES. As exposições de abertura do diretor da Pós-Graduação da PRPPG, Nadson Ressyé Simões, bem como do decano do Centro de Formação em Ciências Humanas e Sociais, Luiz Antonio de Araújo, destacaram a importância do PPGES como primeiro Programa a oferecer cursos de mestrado e doutorado da UFSB, assim como instância singular na produção do conhecimento interdisciplinar em humanidades na região. Ao longo da manhã representantes docentes, discentes e de apoio técnico apresentaram críticas e proposições para o planejamento do próximo quadriênio, à luz das experiências desenvolvidas entre os anos de 2017 e 2020.

No dia 18 de março foi o momento de reflexões sobre a Ética na Pesquisa em Tempos de Pandemia. Os professores Francisco Canela e Márcio Lima realizaram exposições iniciais que inspiraram profundamente o debate sobre o tema. Além do destaque para os desafios éticos no enfrentamento das condições objetivas impostas pela pandemia da COVID-19 no ensino, na pesquisa e na extensão praticada na pós-graduação; foram também abordados aspectos referentes à produção de subjetividades nos limiares entre vida e morte no momento atual. Docentes e discentes apresentaram suas angústias, dilemas e perspectivas de avanços em seus contextos laborais.

O último dia foi preservado para o debate sobre as ações afirmativas no contexto das políticas de pós-graduação protagonizadas pelo PPGES. O Coletivo Dandaras, formado por estudantes negras do programa, fez uma importante exposição sobre o tema e apresentou uma agenda de ações com vistas à consolidação das ações afirmativas na construção político institucional do PPGES. O professor Gabriel Nascimento, do Comitê de Acompanhamento da Política de Cotas da UFSB, destacou o importante trabalho de combate às fraudes e no trato com os processos de heteroidentificação no âmbito dos processos seletivos internos. Àquela manhã foram também apresentados dados importantes acerca do perfil sociocultural das egressas e dos egressos do programa. Segundo pesquisa realizada no mês de fevereiro de 2021, as duas primeiras turmas de mestras e mestres formadas pelo PPGES se constituem majoritariamente de mulheres, quanto ao gênero. Quanto aos marcadores de raça e etnia destaca-se maior percentual de pretos, pretas, pardos e pardas e, quanto às marcas de classe social, o PPGES possui maioria entre trabalhadores e trabalhadoras advindos de universidades públicas estaduais e federais da região em que a UFSB se encontra.

As participantes e os participantes do evento apresentaram proposições a serem incorporadas no planejamento estratégico do próximo quadriênio, qualificando a inscrição do PPGES no Plano de Desenvolvimento da Unidade (PDU) do Centro de Formação em Ciências Humanas e Sociais. O rico aprendizado sobre a existência institucional do PPGES ao longo do seu primeiro quadriênio no processo de autoavaliação foi matéria de destaque entre todas as presenças no II Seminário.

registrado em:
Fim do conteúdo da página