Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Eventos > [ON-LINE] - Mesa Mulheres Negras da casa à universidade: em defesa das Ações Afirmativas e do PNAES 
Início do conteúdo da página

[ON-LINE] - Mesa Mulheres Negras da casa à universidade: em defesa das Ações Afirmativas e do PNAES 

Escrito por Malu Carvalho | Publicado: Quinta, 29 de Julho de 2021, 11h20 | Última atualização em Quinta, 29 de Julho de 2021, 17h12 | Acessos: 430
O que: Mulheres Negras da casa à universidade: em defesa das Ações Afirmativas e do PNAES 
Quando: 30 de julho, das 14 às 20 horas
Link para inscrição: https://forms.gle/kv41XiMXGTW83FKj6.
 
 
No dia 30 de julho, das 14:00 às 20:00, em comemoração ao dia 25 de julho, acontece a mesa MULHERES NEGRAS DA CASA À UNIVERSIDADE: EM DEFESA DAS AÇÕES AFIRMATIVAS E DO PNAES. Uma das convidadas para o evento é a reitora da UFSB, Joana Angélica Guimarães.
 
25 de julho é mais uma conquista das mulheres negras que partilham e comungam uma memória e história comum: a diáspora com todas as suas consequências. A data é a consagração de uma história, de uma luta que as mulheres negras de vários países da América Latina e Caribe reunidas em Santo Domingo, na República Dominicana em 1992, na realização do 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, no qual criaram a Rede de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas.
 
O dia 25 de julho também foi consagrado por meio da Lei nº 12.987/2014, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Hoje no Brasil incluímos as mulheres indígenas e nossas irmãs imigrantes dos países andinos; pois não existe hierarquia na exploração e na discriminação.
 
As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 30 de julho por meio deste link: https://forms.gle/kv41XiMXGTW83FKj6.
 
Este seminário é organizado pela Casa Laudelina de Campos Mello, Instituto de Psicologia da UFBA, Colegiado de Graduação de Serviço Social da UFBA, Grupo de Pesquisa Ações Afirmativas Assistência Estudantil (CNPQ-UFBA), PROJETO SOMOS TODAS CAROLINAS, PERIFÉRICAS NA UNIVERSIDADE e se configura como a segunda atividade do PROJETO AÇÕES AFIRMATIVAS E ASSISTÊNCIA PARA ALÉM DE 2022, visto que almejamos envolver vários setores da sociedade nesse processo que ocorrerá entre junho de 2021 até agosto de 2022.
 
Nessa segunda edição, convidamos as mulheres negras que estão na Universidade exercendo as diversas funções para DEFENDER as ações afirmativas e o PNAES. O objetivo do PROJETO AÇÕES AFIRMATIVAS E ASSISTÊNCIA PARA ALÉM DE 2022 é envolver a sociedade mais ampla na luta e na defesa da PNAES e das Ações Afirmativas.
 
 
PROJETO SOMOS TODAS LAUDELINAS, Marina Silva, Elisabete Aparecida Pinto, Lusitânia Borges, Cleusa Aparecida da Silva, Regina Theodoro, Vereadora Guida Calixto, Gilvânia Silva do Rosário, Anna Maria Eugenia da Silva, Adélia Oliveira de Farias, Rita de Cássia Dias de Jesus, Maria Antônia, Joana Angélica Guimarães.
 
card do evento
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página