Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Retrospectiva 2020

Publicado: Quinta, 07 de Janeiro de 2021, 12h41 | Última atualização em Quinta, 07 de Janeiro de 2021, 13h23 | Acessos: 220

O ano de 2020 foi um ano atípico para todos, mas o Curso de Engenharia Florestal manteve-se a todo vapor! Foi um ano intenso e de muito trabalho. Durante todo o ano os docentes e discentes participaram de diversos eventos, reuniões científicas e administrativas, publicaram livros, registro de programa de computador, aprovaram projetos e publicaram artigos, assim como auxiliaram os estudantes de Engenharia Florestal em suas publicações. Essas atividades são de grande importância para integração e expressão do curso de Engenharia Florestal, e da UFSB, no meio acadêmico e científico. O curso foi representado pelo seu Coordenador, Prof. Ricardo Mesquita, no Primeiro Seminário em Rede da UFSB que marcou o retorno as atividades acadêmicas após a paralisação por causa da pandemia de COVID-19, bem como na Semana de Acolhimento aos Estudantes. Dois eventos de grande importância, não somente para os estudantes do Curso de Engenharia Florestal, mas para toda a comunidade acadêmica. O site do Curso foi totalmente reformulado nesse período, tornando as informações mais acessíveis a todos os estudantes, está disponível no mesmo o Projeto Politico Pedagógico (PPC) do Curso, atas de reuniões de Colegiado e do Núcleo Docente Estruturante (NDE), bem como as normas para elaboração dos trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) finalizada pelo NDE neste ano. A primeira turma do curso de Engenharia Florestal entrou em sua reta final! Os estudantes que ingressaram via migração em 2018/2 estão cursando o ultimo quadrimestre do curso, e entre os futuros formandos dois já foram aprovados em processos seletivos para programas de mestrado, Marlon Garuzzo no Programa de Ciências Florestais na Universidade Federal de Viçosa (UFV) na área de Melhoramento Florestal, e Thassiana Lacerda Coelho no Programa de Pós Graduação em Biossistemas (UFSB), para a área de Ciências Florestais/Ecologia Florestal. Em meio à adaptação para acompanhar as aulas remotas, nossos discentes não se deixaram abater, a participação em eventos científicos foi expressiva, foram apresentados e publicados ao todo 29 trabalhos em eventos científicos (trabalhos completos, resumos expandidos, resumos simples) por estudantes do Curso de Engenharia Florestal. E entre esses trabalhos apresentados pelos estudantes, Marlon Garuzzo foi agraciado com o primeiro lugar, e melhor trabalho na área de genética na Semana da Biologia (XIII SEBAF) da Universidade do Estado Mato Grosso (UNEMAT), Campus de Alta Floresta, e Paulo Bomfim com o primeiro lugar, pelo segundo ano consecutivo, no CIPCI – Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação na UFSB, além destes o estudante Daniel Ferreira levou a pesquisa para além das fronteiras, apresentando seu trabalho no IV Simpósio de Biologia Tropical na Universidade de UNA, na Costa Rica. A interação dos estudantes com projetos de pesquisa vem se consolidando a cada dia, e isso tem reflexo direto na formação dos mesmos bem como na consolidação do Curso, que está em atividade há apenas quatro anos. E para acompanhar o pique dos estudantes, em meio a reformulação dos CC’s para oferta remota, e adaptação ao novo formato, os docentes continuaram também se dedicando a pesquisa, ao todo foram 46 artigos, 1 registro de programa de computador, 1 livro e 3 capítulos de livro publicados. Além de dois grandes projetos de pesquisa com oportunidade de bolsas de iniciação científica foram aprovados por docentes vinculados ao curso “Quantificação e monitoramento dos serviços ecossistêmicos providos pela estocagem de carbono em áreas de florestas nativas e em restauração da Veracel” parceria da Empresa Veracel Celulose, CNPq e UFSB, e o Projeto Conservation of Atlantic Forest's endangered tree species in southern Bahia, Brazil. A dedicação à pesquisa por dois de nossos docentes foi reconhecida também de outras formas, Prof. Daniel Piotto, foi incluído no rol dos 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo e Prof. Jomar Jardim teve uma planta “batizada” em sua homenagem, Eremitis jardimii. Esta é uma homenagem prestada ao acadêmico por sua contribuição na defesa e conservação da flora da Mata Atlântica. O ano foi atípico, mas os esforços de todos, docentes, discentes e técnicos, tem sido constante para consolidação do Curso de Engenharia Florestal, e mesmo com todas as restrições impostas em 2020 muitos frutos foram colhidos. Esperamos que 2021 seja um ano melhor!!

Itabuna, Dezembro de 2020

Mara Lúcia Agostini Valle

Andrea Carla Dalmolin

Fim do conteúdo da página