Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > DINFRA > Coordenação de Projetos e Obras
Início do conteúdo da página

Coordenação de Projetos e Obras

Publicado: Segunda, 18 de Fevereiro de 2019, 11h36 | Última atualização em Terça, 18 de Abril de 2023, 11h24 | Acessos: 4111



A Coordenação de Projetos e Obras (CPO/Dinfra/Propa) tem por finalidade, coordenar as equipes e processos relacionados aos setores: Gestão de Contratos de Obras (SGCO), Gestão de Projetos (SGP), Patrimônio Imobiliário (SPI) e Planejamento e Orçamento (SPO), objetivando a organização das equipes para o alcance de metas relacionadas ao desenvolvimento da infraestrutura e controle do patrimônio da universidade.

Compete à Coordenação de Projetos e Obras (CPO/Dinfra/Propa):       

  • - coordenar o atendimento de serviços de elaboração de projetos arquitetônicos, urbanísticos, paisagísticos e de engenharia complementar nos campi e demais espaços físicos da UFSB;

  • - coordenar o processo de execução de obras, reformas e/ou ampliações nas estruturas físicas da UFSB, durante todo o seu ciclo, desde a contratação da obra e/ou serviço de engenharia até a conclusão e entrega ao respectivo Setor/ Unidade;

  • - coordenar os processos e ações relacionadas ao controle do patrimônio imobiliário da universidade; e

  • - coordenar ações de planejamento, estimativas e elaboração de orçamento para o desenvolvimento e execução de obras, reformas e ampliações na infraestrutura dos campi e demais espaços físicos da UFSB.

    A Coordenação de Projetos e Obras (CPO/Dinfra/Propa) é composta pelos seguintes Setores:

    1. a. Setor de Gestão de Contratos de Obras (SGCO);
    2. b. Setor de Gestão de Projetos (SGP);
    3. c. Setor de Patrimônio Imobiliário (SPI); e
    4. d. Setor de Planejamento e Orçamento (SPO).


    Atribuições por setores da Coordenação de Projetos e Obras (CPO/Dinfra/Propa):


    a. Setor de Gestão de Contratos de Obras (SGCO/CPO/Dinfra/Propa)

    O Setor de Gestão de Contratos de Obras (SGCO) é responsável por supervisionar e fiscalizar os contratos de construções, reformas e ampliações das instalações físicas da Universidade. Compete ao Setor de Gestão de Contratos de Obras (SGCO):     

    • - instruir e acompanhar os procedimentos licitatórios dos serviços de arquitetura e engenharia;

    • - fiscalizar obras e serviços de engenharia realizados nas unidades da Universidade;

    • - executar medições, manter controle dos custos e cronograma das obras e serviços de engenharia em execução;

    • - emitir relatórios e pareceres sobre obras e serviços de engenharia e seus prestadores de serviços contratados pela Universidade;

    • - gerenciar o processo de obras de construção durante todo o seu ciclo, desde a contratação da obra e/ou serviço de engenharia até a conclusão e entrega ao usuário;

    • - elaborar e executar procedimento de avaliação das obras durante o período de garantia contratual (05 anos);

    • - abastecer e manter atualizado o Módulo de Obras do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle – SIMEC;

    • - emitir termo de Anotação/Registro de Responsabilidade Técnica – ART/RRT – dos conselhos CREA e CAU; e

    • - executar a fiscalização das obras através do uso de registros informatizados.

     

    b. Setor de Gestão de Projetos (SGP/CPO/Dinfra/Propa)

    O Setor de Gestão de Projetos (SGP) é responsável por gerenciar os projetos arquitetônicos e de engenharia da Universidade. Compete ao Setor de Gestão de Projetos (SGP):   

    • - elaborar e fazer adotar normas e procedimentos para execução dos projetos;

    • - elaborar e acompanhar a execução e atualização de plano diretor físico da Universidade;

    • - estabelecer normas técnicas para ocupação dos espaços físicos da Universidade;

    • - estabelecer normas, padrões e especificações e termo de referência para construção dos edifícios da Universidade;

    • - estabelecer normas, padrões, especificações e termo de referência para construção de sistemas de infraestrutura dos campi da Universidade;

    • - realizar estudos para otimização e racionalização da ocupação de terrenos e áreas construídas;

    • - coordenar a execução dos levantamentos topográficos dos terrenos e das sondagens de caracterização de solo do território da Universidade;

    • - manter atualizado o cadastro das áreas de terrenos, de edifícios e áreas verdes do entorno das edificações e áreas verdes de jardins, matas e áreas urbanizadas;

    • - planejar, executar e controlar, por meio de registros informatizados, o atendimento de serviços de elaboração de projetos arquitetônicos, urbanísticos, paisagísticos e de engenharia complementar em unidades da UFSB;

    • - efetivar levantamentos, especificações e orçamentos de equipamentos e mobiliários para obras novas e/ou ampliações;

    • - gerenciar os contratos de elaboração de projetos;

    • - realizar e/ou contratar estudos para aquisição otimizada de equipamento e mobiliário para edificações da Universidade; e

    • - emitir termo de Anotação/Registro de Responsabilidade Técnica – ART/RRT – dos conselhos CREA e CAU.



    c. Setor de Patrimônio Imobiliário (SPI/CPO/Dinfra/Propa)

    O Setor de Patrimônio Imobiliário (SPI) é responsável pelo controle dos registros patrimoniais da propriedade imobiliária da Universidade, bem como, elaborar, organizar e avaliar informações referentes a regularidade e valores atribuídos aos bens imóveis geridos pela Universidade. Compete ao Setor de Patrimônio Imobiliário (SPI):         

    • - elaborar e fazer adotar normas e procedimentos para execução das atividades do Setor de Patrimônio Imobiliário (SPI);

    • - manter atualizado, no Sistema de Patrimônio dos Imóveis da União – SPIUnet, o cadastro dos bens imóveis da Universidade;

    • - acompanhar e manter atualizadas as instruções normativas e outros atos regulamentadores publicados pela Secretaria da União – SPU ou por outro Órgão do Governo Federal relacionados às atividades de patrimônio imobiliário;

    • - promover a avaliação dos bens imóveis da Universidade conforme Orientação Normativa publicada pela Secretaria de Patrimônio da União – SPU;

    • - criar e manter sistema de arquivamento do acervo histórico das plantas físicas da Universidade;

    • - elaborar e/ou delegar a execução de proposta técnica para aquisição e/ou alienação de bens imóveis;

    • - organizar e manter atualizado o sistema de tombamento de bens imóveis da Universidade;

    • - manter e atualizar a documentação legal dos bens imóveis, incluindo o acervo técnico das plantas físicas das edificações e áreas externas da Universidade;

    • - elaborar ou coordenar a avaliação de bens imóveis para fins de aquisição, desapropriação, permuta, cessão, locação ou alienação;

    • - coligir os elementos necessários ao registro dos bens imóveis da Universidade e aos procedimentos judiciais destinados à sua defesa;

    • - manter a responsabilidade da guarda os documentos, títulos e processos relativos aos bens imóveis do domínio e posse da Universidade; e

    • - proceder às inscrições imobiliárias dos imóveis da Universidade no Cadastro Municipal.



    d. Setor de Planejamento e Orçamento (SPO/CPO/Dinfra/Propa)

    O Setor de Planejamento e Orçamento (SPO) tem por finalidade prestar apoio à Coordenação de Projetos e Obras (CPO) da Diretoria de Infraestrutura (Dinfra) na elaboração e/ou revisão dos orçamentos e cronogramas de obras e serviços de engenharia, bem como desenvolver rotinas e processos internos voltados para a otimização destas atividades. Compete ao Setor de Planejamento e Orçamento (SPO): 

    • - elaborar e fazer adotar normas e procedimentos para execução das atividades do Setor de Planejamento e Orçamento (SPO);

    • - elaborar planejamento de obras de construção predial e de infraestrutura dos campi da Universidade;

    • - elaborar e manter sistema de orçamentação para obras e serviços de engenharia e arquitetura da Universidade;

    • - realizar pesquisa de mercado para obtenção de preços de materiais, serviços e mão de obra;

    • - elaborar e manter banco de composição de preços de construção e elaboração de projetos; e
    • - emitir termo de Anotação/Registro de Responsabilidade Técnica – ART/RRT – dos conselhos CREA e CAU.


  • Lista completa dos contatos da Coordenação de Projetos e Obras (CPO/Dinfra/Propa) pode ser vista em Quem é Quem.

registrado em:
Fim do conteúdo da página