Portal do Governo Brasileiro
PPGES (1)
Infraestrutura

A estrutura física destinada ao suporte às atividades didáticas, à pesquisa, criação e inovação na Universidade encontra-se em fase de implantação em ritmo bastante acelerado, de forma a vir a atender às demandas no prazo de início das atividades de terceiro ciclo no ano de 2017, quando se prevê o início deste, entre outros programas de pós-graduação em alta demanda em toda a região sul do Estado da Bahia, regiões dos estados adjacentes e, mais amplamente no país, em busca de ocupar um nicho especifico de geração de conhecimento e formação de pessoal em nível de pós-graduação no contexto nacional.

Particularmente no que se refere ao Programa de Pós Graduação em Estado e Sociedade que estará sediado no Centro de Formação em Ciências Humanas e Sociais-CFCHS, no Campus Sosígenes Costa, situado em Porto Seguro, a infraestrutura necessária para viabilizar o início de suas atividades se concretiza por meio da estratégia da Universidade de ocupar instalações públicas e privadas previamente existente nos três municípios em que se implanta (Sede/Reitoria em no município de Itabuna, onde se implantou o campus Jorge Amado; Campus Sosígenes Costa no município do Porto Seguro; e Campus Paulo Freire, no município de Teixeira de Freitas, no extremo sul do Estado da Bahia. Deve-se destacar que em Porto Seguro a UFSB recebeu em comodato com o Governo do Estado da Bahia o Centro de Cultura e de Eventos do Descobrimento, uma estrutura arquitetônica monumental que foi implantada por ocasião das comemorações dos 500 Anos do início da chegada de povos europeus à porção das Américas que veio a ser o Brasil, que vem a atender às demandas mais imediatas de infraestrutura para o funcionamento das atividades acadêmicas.

O espaço compartilhado pelo Centro de Formação em Ciências Humanas e Sociais-CFCHS com outras três unidades (Instituto de Humanidades Artes e Ciências; Centro de Formação em Ciências Ambientais e Centro de Formação em Artes) dispõe de auditórios com capacidade de até 2.100 lugares, salas adequadas para receber de imediato as atividades acadêmicas e administrativas que aí vem se implantando, já se encontrando em funcionamento pleno desde o mês de setembro de 2014. Destaca-se ainda que aquelas instalações dispõem de salas de aula com equipamentos multimídia, sala para professores e espaços para estudantes, com conexão à internet em todas as dependências da UFSB, assim como são disponibilizados computadores individuais para cada estudante, que os receberam como fiel depositários e fazem uso pleno enquanto permanecerem como alunos regulares da UFSB. A Universidade dispõe ainda de veículos que dão o suporte de transporte adequados às atividades de pesquisa e de integração entre seus três campi.

A UFSB encontra-se na situação de acelerada composição de acervos bibliográficos institucionais, tanto por meio de acervos físicos em cada campus, quanto acervos e bases bibliográficas virtuais próprias e acesso à outras bases institucionais de públicas, tanto de acesso controlado, quanto aquelas abertas ao domínio público. Foi iniciado o trâmite licitatório para aquisição de acervo institucional a ser disponibilizado ao corpo docente e discente, de forma a atender às demandas colocadas por cada um dos cursos que ora se propõe.

No que tange às estruturas físicas de bibliotecas a construção de instalações para o recebimento do acervo, as primeiras unidades de bibliotecas estão previstas para finalizar e entrar em uso até o mês de setembro de 2015. A UFSB iniciou também a composição de uma Biblioteca digital, com avaliação e aquisição de softwares que dar suporte ao uso de bases bibliográficas em formato eletrônico. O acesso a material bibliográfico por docentes, discentes e técnicos é amplamente possibilitado também pela conexão de alta velocidade à Internet e ao Portal de Periódicos da CAPES, com acessos físicos via fibra ótica e rádio frequência. Isso possibilita ampliar a disponibilização de fontes acadêmicas em Bibliotecas virtuais de livre acesso como a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), o “College Open Text Books, The Free Library”, o Portal Domínio público, dentre outras dezenas de fontes acadêmicas digitais de acesso livre. Em paralelo a esse processo, estão sendo formalizadas parcerias com a Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) e outras especializadas nas diversas áreas de conhecimento.

  • Caracterização do acervo da biblioteca

 

A UFSB encontra-se na situação de acelerada composição de acervos bibliográficos institucionais, tanto por meio de acervos físicos em cada campus, quanto acervos e bases bibliográficas virtuais próprias e acesso à outras bases institucionais de públicas, tanto de acesso controlado, quanto aquelas abertas ao domínio público. Foi iniciado o trâmite licitatório para aquisição de acervo institucional a ser disponibilizado ao corpo docente e discente, de forma a atender às demandas colocadas por cada um dos cursos que ora se propõe.

No que tange às estruturas físicas de bibliotecas a construção de instalações para o recebimento do acervo, as primeiras unidades de bibliotecas estão previstas para finalizar e entrar em uso até o mês de setembro de 2015. A UFSB iniciou também a composição de uma Biblioteca digital, com avaliação e aquisição de softwares que dar suporte ao uso de bases bibliográficas em formato eletrônico. O acesso a material bibliográfico por docentes, discentes e técnicos é amplamente possibilitado também pela conexão de alta velocidade à Internet e ao Portal de Periódicos da CAPES, com acessos físicos via fibra ótica e rádio frequência. Isso possibilita ampliar a disponibilização de fontes acadêmicas em Bibliotecas virtuais de livre acesso como a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), o “College Open Text Books, The Free Library”, o Portal Domínio público, dentre outras dezenas de fontes acadêmicas digitais de acesso livre. Em paralelo a esse processo, estão sendo formalizadas parcerias com a Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) e outras especializadas nas diversas áreas de conhecimento.

Adicionalmente, a UFSB tem o uso compartilhado da Biblioteca da Comissão Executiva de Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC), alocada no Centro de Pesquisas do Cacau – CEPEC em Itabuna, BA, por meio de um convênio firmado que contempla o Termo de Cessão de uso de Bem Imóvel, da instituição. O acervo constitui-se de importante base bibliográfica incluindo obras raras e de notável importância sobre pesquisas agropecuárias, Mata Atlântica, Cacau, alimentos, saúde, solos, etc. Está instalada em uma área total de 1.050 m2 em dois pavimentos. Conta com um acervo de 19.862 livros, 16.764 folhetos, 3.280 títulos de Periódicos, 93.291 fascículos de Periódicos, 408 mapas e 130 CD-Roms e DVDs. Além disso, um conjuntos de obras exclusivas sobre cacau com 430 livros, 369 teses e 2.898 folhetos.

Os alunos da UFSB, ao se matricularem na universidade, recebem um notebook em regime de comodato. Com este equipamento eles podem acessar a internet e os sistemas universitários dentro dos Campi e colégios universitários. Até o momento 400 destes equipamentos foram distribuídos e 170, ja adquiridos,  serão colocados a disposição de novos ingressantes, incluindo alunos de pós graduação que não disponham de equipamentos próprios. Adicionalmente serão montadas salas com computadores fixos em cada campus ate o fim de 2015. A universidade ja dispõe de acesso ao Portal Periódicos da Capes a partir das suas três sedes por meio do serviço RNP com possibilidade de Extensão para acesso VPN (acesso através do login e senha em outro local). O Portal é acessado por meio de terminais ligados a internet e localizados nas dependências da Instituição ou por ela autorizadas. A visualização ao conteúdo do portal está disponível a professores, pesquisadores, alunos e funcionários da Universidade.

A UFSB vem liderando esforços junto às universidade públicas estaduais e federais do Estado , no sentido de ampliar a rede de conectividade digital de forma a  atender melhor, não apenas às necessidades das universidades da região sul do estado, como a sociedade em geral. Neste sentido, ja foi implantada uma rede digital robusta, interligada através do backbone da Rede Nacional de Pesquisa RNP. Trata-se de uma rede de fibra ótica de alta velocidade de transmissão de dados, no eixo da BR-101.

Esta rede esta sendo expandida inclusive para os municípios onde funcionam os colégios universitários que atualmente ja são conectados aos três campi através de radio-sinal.

A RNP utiliza a rede Ipê, a qual se constitui em infraestrutura de rede internet voltada para a comunidade brasileira de ensino e pesquisa. Estão a ela conectadas as principais universidades e institutos de pesquisa nacionais e internacionais. Baseada principalmente em tecnologia de transmissão óptica, a RNP está entre as mais avançadas do mundo e possui conexão com redes acadêmicas estrangeiras, tais como Clara (América Latina), Internet2 (Estados Unidos) e Géant (Europa).

Através da implantação da rede da UFSB, ligada à RNP, esta sendo possível a utilização de serviços que combinem áudio e vídeo, possibilitando a interação em tempo real de usuários em diferentes pontos geográficos da UFSB.

Dentre os serviços ja oferecidos pela RNP e adotados pela UFSB, destacam-se: • Ambientes Virtuais de Aprendizagem • Conferência WEB – reuniões virtuais entre participantes remotos • Videoconferência – utilização de salas virtuais • Disponibilização de conteúdos digitais • Hospedagem Estratégica para conteúdos digitais • Telepresença.

  • Financiamento

 

Os financiamentos existentes resultam de captados por pesquisadores para seus respectivos projetos, atendem às demandas dos pesquisadores e demandas institucionais a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia-FAPESB, CNPq. e CAPES. Alguns recursos são de projetos já em andamento. Mais recentemente os pesquisadores tem desenvolvido atividades de busca de editais que possam atender às suas necessidades, sendo apoiado pela Diretoria de Pesquisa, Criação e Inovação da Pró-Reitoria de Gestão Acadêmica.

Os recursos próprios da UFSB também vem dando apoio a seus pesquisadores, particularmente no que se refere a apoio de transporte para realizar pesquisa de campo, além de diárias para dar suporte às atividades de estudantes engajados em atividades de pesquisa.


UFSB Copyright 2015. UFSB - Universidade Federal do Sul da Bahia - Todos os direitos reservados. Google+