Portal do Governo Brasileiro
Portal
III Seminário Internacional (Cooperação Brasil- Quebec) Diversidade e Educação Inclusiva: perspectivas interdisciplinares e interepistêmicas

 CADASTRO E INSCRIÇÕES AQUI: http://brasil_quebec.verkn.com.br/

APRESENTAÇÃO

O III Seminário Internacional (Cooperação Brasil-Quebec), intitulado Diversidade e Educação Inclusiva: perspectivas interdisciplinares e interepistêmicas, objetiva promover a análise de políticas educativas e de práticas metodológicas inovadoras de promoção da inclusão e da igualdade na diversidade em ambiente escolar. O encontro se constitui de dois momentos:

O primeiro ocorrerá,  das 18h às 22h, nos dias 30, 31 de agosto e 1º de setembro no Auditório Monte Pascoal do Campus Sosígenes Costa da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Você poderá participar das conferências de abertura e das mesas-redondas pessoalmente no Campus Sosígenes Costa ou através da  transmissão em tempo real para os Colégios Universitários. Ambas modalidades darão direito a certificação como ouvinte (mínimo de dois dias de participação).

O segundo momento ocorrerá no dia 2 de setembro, das 14h às 18h30 no  Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro (Rua General Freitas, 57 – Centro). Neste momento você poderá apresentar a sua pesquisa ou o seu relato de experiência sobre inclusão e diversidade em educação, através de duas modalidades de participação: 1) apresentação de pôster (estudantes de graduação) ou 2) apresentação de comunicações orais (demais participantes). As atividades desse dia exigirão sua presença em Porto Seguro.

  • Reuniões técnicas ocorrerão no turno vespertino

 

Objetivos:

São objetivos específicos do evento:

  1. Avaliar conhecimentos e práticas inclusivas, interculturais e inovadoras em educação, em uma perspectiva comparativa Brasil-Quebec;
  2. Difundir pesquisas sobre educação intercultural, inclusiva e sobre a diversidade, realizadas no Brasil e no Quebec;
  3. Analisar as experiências dos cursos de formação de professores e de gestores educacionais atuais e seu aporte para uma formação docente atenta para a promoção da diversidade e da inclusão;
  4. Promover a interlocução dos saberes científicos e com as práticas extramuros da escola que valorizam a inclusão e a diversidade;
  5. Identificar possibilidades de realização de pesquisas conjuntas bilaterais, articulando pesquisadores, estudantes e profissionais na área de educação, para a composição de novas redes de conhecimento com a participação de interessados no estudo da diversidade e da inclusão;
  6. Contribuir para a consolidação do recém instaurado Programa de Pós-graduação em Estado e Sociedade da Universidade Federal do Sul da Bahia, estimulando a criação de oportunidades de planejamento e a divulgação de pesquisas e promovendo a sua inserção mais qualificada na comunidade acadêmica local, nacional e internacional. A terceira edição do Seminário se dirige a estudantes da graduação e pós-graduação, a pesquisadores, a professores da educação básica e superior, aos gestores escolares e aos representantes de coletivos diversos, atuantes em movimentos sociais.

 

Histórico:

A cooperação Brasil-Québec, que se consolida desde os dois seminários anteriores, focaliza em questões de ordem teórica e prática em contextos educativos e sociais distintos para possibilitar o diálogo entre diferentes abordagens epistemológicas do problema da diversidade na educação,  nos contextos brasileiro e quebequense.

A abordagem comparativa se justifica ainda em função do Brasil e do Quebec terem experiências complementares, no campo da educação, para a abordagem das diferenças entre grupos e na forma como se constróem as relações de desigualdade e exclusão na escola.

  •    I Seminário – Universidade do Estado de Santa Catarina, 2-4/06/2015. Objetivo: reunir pesquisadores que desenvolviam pesquisas e atuavam na formação e no ensino sobre imigração e a diversidade social, etnocultural, religiosa, cognitiva, física, motora e linguística junto aos professores.
  •    II Seminário – Universidade do Quebec em Trois Rivières – Canadá, 24-27/05/2016. Objetivo: enriquecer a compreensão dos desafios vividos em termos de formação docente para a diversidade, tanto no Brasil, como no Québec.

PROGRAMAÇÃO

30 DE AGOSTO DE 2017 (quarta-feira)

  • 16:00 às 18:00: Credenciamento
  • 18:00 – Abertura do IIIº Seminário Internacional (Cooperação Brasil-Québec)
  • 19:00 às  21:00 – Conferências de Abertura (transmissão para os outros Campi e CUNIs da UFSB)
    Diversidade e inclusão na educação integral em tempo integral: experiências Québec-Brasil
    Marie Mc Andrew (UdM); Dalila Andrade Oliveira (UFMG)

 

31 DE AGOSTO DE 2017 (quinta-feira)

Local: UFSB – Campus Sosígenes Costa – Porto Seguro (transmissão para os outros Campi e CUNIs da UFSB)   

Mesas Redondas

  • 18h30 às 20h – Mesa redonda 1: Quais são as vantagens e os efeitos perversos das políticas focalizadas em públicos específicos para a promoção de uma escola aberta à diferença?
    Convidados: Mônica Pereira dos Santos (UFRJ); Francisco Eduardo Torres Cancela (UNEB/PPGES-UFSB); Corina Borri-Anadon (Université du Quebec à Trois-Rivières, Canadá – UQPARTIP

    Mediadora: Regina Soares de Oliveira (UFSB)
    Resumo da proposta: Discutir sobre as estratégias e as políticas educacionais de inclusão e respeito às diferenças no Brasil e no Québec que focalizam em públicos específico. Quais são elas? Como se justificam? Quais ganhos e quais distorções ocasionam?
  • 20h30 às 22h – Mesa redonda 2: Qual é a importância de estabelecer um quadro de competências profissionais para orientar a formação de professores e de gestores para o trabalho em ambiente escolar?
    Convidados: David D’Arisso (UdM);  Maryse Potvin (UQÀM); João Valdir Alves de Souza (UFMG)

    Mediadora: Gabriela Rodella de Oliveira (UFSB)
    Resumo da proposta: O professor é gestor? Refletir sobre o modelo de formação das licenciaturas no Brasil e no Québec como estratégia para formar um docente/gestor sensível à diversidade. Apresentar e discutir as bases da experiência quebequense na formação de gestores.

 

01 DE SETEMBRO 2017 ( sexta- feira )

Local: UFSB – Campus Sosígenes Costa – Porto Seguro (transmissão para os outros Campi e CUNIs da UFSB)   

Mesas Redondas

  • 18h30 às 20h – Mesa redonda 3: Como ensinar temas sensíveis em contextos de competição pela memória e de tensão nacional e internacional?
    Convidados: Paul Zanazanian; Reinaldo Matias Fleuri (UFSC); Fabiana de Lima Peixoto (UFSB)

    Mediadora: Christianne Benatti Rochebois  (UFSB)
    Resumo da proposta: Apresentar e discutir as bases de um currículo escolar em diálogo com diferentes culturas e saberes para a construção de uma escola interepistêmica no século XXI. Abordar questões relacionadas ao ensino religioso, educação e gênero, interculturalidade.
  • 20h30 às 22h – Mesa redonda 4: Como as práticas pedagógicas inovadoras podem influenciar uma transição institucional para a promoção da inclusão e da diversidade na escola?
    Convidados: Álamo Pimentel Gonçalves da Silva (UFSB); Joëlle Tremblay (UL); Geovana Mendonça Lunardi Mendes (UDESC)

    Mediadora: Juliane Di Paula Queiroz Odinino (FPM)
    Resumo da proposta: Apresentar e discutir práticas inovadoras a partir de um painel composto por atores escolares,  pesquisadores e outros atores externos que problematizam a escola para além de suas fronteiras.

 

02  DE SETEMBRO DE 2017 (Sábado)  

Local: Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro, Rua General Freitas, 57, Centro, Porto Seguro.

  • 12h às 14h – Almoço solidário
  • 13h às 15h – Sessão de pôsteres
    Público participante: estudantes de graduação ou de pós-graduação, sob a responsabilidade de professor universitário ou da rede pública de ensino básico.

    Relatos de pesquisas ou relatos de experiências em diálogo com os eixos temáticos propostos.
  • 15h às 16h45h – Comunicação oral
    Público participante: professores universitários ou da rede CIEs; pesquisadores; professores da rede pública; estudantes de pós-graduação (sob a responsabilidade de professor universitário ou da rede pública de ensino básico).

    Relatos de pesquisas, relatos de experiências ou reflexões teóricas em diálogo com os eixos temáticos propostos.

Eixos Temáticos Propostos
1 – Debates teóricos e filosóficos sobre a formação de educadores para a diversidade.
2 – As práticas de formação voltadas para diferentes contextos socioculturais ou públicos específicos.
3 – Práticas educativas e a formação dos educadores para a interculturalidade e a inclusão.
4 – Abordagens metodológicas e práticas inovadoras para promoção da inclusão e equidade das diversidades.

  • 16h45 às 17h – Pausa
  • 17h às 18h00 – Roda de conversa com apresentadores de pôsteres, comunicações orais e público em geral
  • 18h às 18h40 – Aula Show – Participação de convidado(a)
    Local: Quadra
  • 18h40 – Atividade cultural – Alunos do CIEPS
    Local: Quadra

    Nessa modalidade, serão promovidas reuniões de pessoas interessadas em um mesmo eixo temático. Por meio desta atividade visa-se estimular o senso crítico e a tolerância pelas ideias alheias, bem como as relações interpessoais e enriquecer a cultura dos envolvidos. O teor da roda de conversa deve ter estrita relação com uma das áreas temáticas e abrir para uma discussão sobre metodologias, processos avaliativos, e a integração entre prática e teoria.

CRONOGRAMA

INSCRIÇÕES COMO PARTICIPANTE (COM OU SEM A SUBMISSÃO DE TRABALHO)

Faça sua inscrição aqui: brasil_quebec.verkn.com.br  

*em caso de necessidade ou mudança de planos, dentro dos prazos de inscrição, o cadastro poderá ser modificado pelo participante.

A inscrição no evento é gratuita e possui duas modalidades de participação: presencialmente em Porto Seguro ou metapresencialmente nos ambientes onde se fará a transmissão em tempo real das mesas redondas e conferências.

As conferências de abertura e as mesas-redondas serão transmitidas em modo síncrono para os demais campi (Campus Paulo Freire – Teixeira de Freitas e Campus Jorge Amado – Itabuna) e Colégios Universitários da UFSB (Itabuna, Coaraci, Ilhéus, Ibicaraí, Santa Cruz Cabrália e Itamaraju) através das salas virtuais da Rede Nacional de Pesquisa.

As apresentações em francês contarão com tradução simultânea para todos os participantes presenciais e metapresenciais. Além disso, todas as conferências e mesas-redondas serão gravadas para transmissão assíncrona posterior através da página institucional da UFSB.

No sábado, 02/09, a única forma de participação será presencial no Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro, pois não haverá transmissão.

Acompanhe-nos nas redes sociais.

 

INSCRIÇÃO COM SUBMISSÃO DE TRABALHOS

 

Leia o edital detalhado com as  condições gerais para a submissão de trabalhos AQUI.
Faça a submissão do seu trabalho aqui. (brasil_quebec.verkn.com.br)

Pôsteres
Os pôsteres poderão ser submetidos por estudantes de graduação ou de pós-graduação, sob a responsabilidade de professor universitário ou da rede pública de ensino básico.
Modalidades: Relato de Experiência e Relato de Pesquisa. 

Comunicações orais
As comunicações orais poderão ser submetidas por professores universitários ou da rede dos Complexos Integrados de Educação; pesquisadores; professores da rede pública de ensino básico; estudantes de pós-graduação (sob a responsabilidade de professor universitário ou da rede pública de ensino básico).
Modalidades: Reflexão teórica, Relato de Experiência, Relato de Pesquisa.

  • Serão realizadas rodas de conversa sobre os pôsteres e comunicações orais, abertas aos interessados, no final da tarde de 02/09/2017.
  • O mesmo participante poderá inscrever um só trabalho como autor e participar como co-autor em até dois trabalhos, independentemente da modalidade.
  • Os trabalhos deverão se vincular a um dos eixos temáticos a seguir:

 

  1. Debates teóricos e filosóficos sobre a formação de educadores para a diversidade
    Compreende a divulgação de pesquisas ou relatos de experiência que, ao colocarem em foco os fundamentos teóricos e filosóficos da educação para as diferenças, visam contribuir para o fortalecimento desse campo de pesquisa. Os trabalhos inscritos neste eixo podem apresentar reflexões epistemológicas sobre questões relacionadas ao reconhecimento de modo específico ou interseccional, dentro de uma perspectiva inclusiva.

    Coordenador: Reinaldo Matias Fleuri (UFSC)

 

  1. As práticas de formação voltadas para diferentes contextos socioculturais ou públicos específicos
    Compreende a divulgação de pesquisas sobre políticas públicas ou relatos de experiência sobre a formação de atores escolares em contextos socioculturais específicos: populações indígenas, ribeirinhos, quilombolas, cidadãos do campo, povos da floresta, caiçaras, entre outros, e ainda, experiências de educação voltadas para públicos específicos, como minorias religiosas, imigrantes, grupos étnico-raciais minoritários etc. A diversidade é apreendida como contexto de continuação da formação. São de interesse trabalhos que abordem as trajetórias e experiências subjetivas dos formados.

    Coordenador: Francisco Eduardo Torres Cancela (UNEB/PPGES-UFSB)

 

  1. Práticas educativas e a formação dos educadores para a interculturalidade e a inclusão
    Compreende a divulgação de pesquisas ou relatos de experiência que colocam em foco as práticas educativas desenvolvidas em diferentes espaços socioculturais e sua relação com as políticas e práticas de formação de professores para a diversidade. Os trabalhos apresentados se concentraram em experiências concretas de formação ou reflexões sobre abordagens de formação pertinentes em contexto de diversidade, envolvendo os profissionais visados (professores, diretores, especialistas, monitores, estagiários e profissionais externos às escolas), e em abordagens inovadoras ou métodos e ferramentas pedagógicas.

    Coordenadora: Mylene Santiago (UFF)

 

  1. Abordagens metodológicas e práticas inovadoras para promoção da inclusão e equidade das diversidades
    Compreende a divulgação de pesquisas ou relatos de experiência que, ao colocarem em foco abordagens transversais, interseccionais, interdisciplinares e práticas inovadoras para promoção da inclusão e equidade das diversidades, buscam explorar alternativas possíveis e fortalecer diretrizes éticas, compromisso social e o encontro dialógico entre os pesquisadores e o público-alvo dessas práticas e abordagens. Concebe a diversidade como objeto de formação e busca abordar o lugar que ocupam os diferentes marcadores da diversidade (etnicidade, língua, religião, geração, gênero, capacidades físicas e intelectuais) na formação dos educadores e educandos.

    Coordenadora: Martha Kaschny Borges (UDESC)

COMISSÕES

Coordenação

Gustavo Bruno Bicalho Gonçalves (UFSB) – Coordenador Geral

Sérgio Barbosa de Cerqueda (UFSB)

 

Comissão Científica

Álamo Pimentel Gonçalves da Silva (Presidente – UFSB)

Corina Borri-Anadon (Université du Quebec à Trois-Rivières, Canadá – UQTR)

Francisco Eduardo Torres Cancela (UNEB/PPGES-UFSB)

Juan Cornejo Espejo (UniversidadCatolica de Maule, Chile)

Marie Mc Andrew (Université de Montréal, Canadá – UdM)

Martha Kaschny Borges (UDESC)

May Waddington Telles Ribeiro (UFSB)

Mônica Pereira dos Santos (UFRJ)

Mylene Cristina Santiago (UFF)

Reinaldo Matias Fleuri (UFSC/IFSC)

 

Comissão Organizadora

Christianne Benatti Rochebois (UFSB)

Danúsia Cardoso Lago (UFSB)

Fabiana de Lima Peixoto (UFSB)

Fábio Nieto Lopez (UFSB)

Gabriela Rodella de Oliveira (UFSB)

Gilca Machado Seidinger (UFSB)

Leandro Gaffo (UFSB)

Maristela Midlej Silva de Araújo (UFSB)

Martin Domecq (UFSB)

Regina Soares de Oliveira (UFSB)

Valéria Giannella Alves (UFSB)

Wellington Salgado Rodrigues (SEEB-CIEPS)

 

Comissão de Estrutura de Logística

Anna Carla Freire Luna Campêlo Bastos (UFSB – técnica-administrativa)

Danilo Ornelas (UFSB – técnico-administrativo)

Isabel Cristina Farias de Lima (UFSB – técnica-administrativa)

Jaqueline Barros Santos (UFSB – estudante graduação)

Kessia Alicia S. S. de  Moura (UFSB – estudante graduação)

Likem Edson Silva de Jesus (UFSB – estudante pós-graduação)

Miame Chan (UFSB – técnica-administrativa )

Núbia Lima de Oliveira (UFSB – técnica-administrativa )

Ize Duque Magno (UFSB- técnica-administrativa)

 

Comissão Financeira

José Alves dos Santos Neto (UFSB – técnico-administrativo)

Ricardo Tagliacolli Nascimento dos Anjos (UFSB – técnico-administrativo)

REALIZAÇÃO/APOIO

REALIZAÇÃO

Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB

Centro de Formação em Ciências Humanas e Sociais – CFCHS

Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade – PPGES -CFCHS

 

APOIO

Observatório internacional da interculturalidade, inclusão e inovação pedagógica (OIIIIPe)

Grupo de pesquisa Sociedade, Educação, Universidade

Grupo de pesquisa Humano, Desumano, Pós-Humano

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB)

Centre de recherches en sciences humaines (CRSH – Québec)

Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEEB)

Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

 

 

 

 

 

 

 

 

 




UFSB Copyright 2015. UFSB - Universidade Federal do Sul da Bahia - Todos os direitos reservados. Google+