Portal do Governo Brasileiro
PPGES (1)
Disciplinas

Obrigatórias

 

1.Mestrado

 

  • Seminário de pesquisa para Mestrado (2 créditos)
    Ementa: Apresentação dos temas, discussão sobre os problemas de pesquisa, orientação teórico-metodológica e técnica sobre o desenvolvimento dos trabalhos de conclusão do mestrado em elaboração nas linhas de pesquisa.

  • Metodologias da pesquisa social (4 créditos)
    Ementa: Construção de objetos de pesquisa e da problematização nas ciências humanas, sociais e aplicadas: enfoques disciplinares e interdisciplinares. Diálogos possíveis entre sociedades, culturas e sistemas de conhecimento.  Modelos teórico-metodológicos nas ciências sociais e aplicadas.  Métodos de pesquisa: produção, sistematização e análise de dados qualitativos e quantitativos. – Bibliografia –

  • Teorias do Estado e Governança (4 créditos)
    Ementa: As diferentes concepções de Estado no pensamento ocidental e reflexões sobre seu processo de formação. Teorias contemporâneas do Estado. Monismo e Pluralismo jurídicos. Estado e economia. A formação do Estado no Brasil: clientelismo, patrimonialismo e populismo. Estado, democracia e esfera pública. Crise do Estado, globalização e neoliberalismo. – Bibliografia –

  • Teorias da cultura e da sociedade (4 créditos)
    Ementa: O campo das ciências sociais, representado particularmente pela Antropologia Sociocultural, Sociologia, Ciência Política e História é rico em teorias da cultura e da sociedade. Propõe-se aqui apresentar e discutir algumas das matrizes clássicas desta discussão por meio da crítica e proposta de releitura feita por expoentes contemporâneos, com a finalidade de dialogar com aqueles representantes do pensamento social mais recente, enfocando alguns temas constitutivos da contemporaneidade, tais como; (i) modernidade, pós-modernidade e pós-colonialismo; (ii) novas formas de desigualdade social; (iii) processos de produção de identidade individual e coletiva na época contemporânea (iv) imbricações entre os processos global, local e nacional. – Bibliografia –

  • Antropologia e Tecnologia: construção de diálogos interdisciplinares na superação das dicotomias (4 créditos)
    Ementa: A visão antropológica sobre as tecnologias e as técnicas e diversas formas de indústrias (em perspectiva diacrônica e sincrônica), necessariamente remete a uma abordagem transcultural e à interculturalidade, em que a cultura material apresenta uma correspondente organização sociocultural. Neste mesmo sentido as culturas e as sociedades apresentam diversos e diferenciados níveis de complexidade e, portanto, desenvolvimento,  no sentido que modernamente se atribui a este conceito. A abordagem antropológica pauta-se por uma abordagem processual, no entendimento das técnicas a partir de lógicas e práticas de uso e, consequentemente, possibilita a superação das dicotomias Homem/Natureza. – Bibliografia –

2. Doutorado 

  • Seminário de pesquisa para Doutorado (2 créditos)
    Ementa: Apresentação dos temas, discussão sobre os problemas de pesquisa, orientação teórico-metodológica e técnica sobre o desenvolvimento das teses em elaboração nas linhas de pesquisa.

  • Metodologias da pesquisa social (4 créditos)
    Ementa: Construção de objetos de pesquisa e da problematização nas ciências humanas, sociais e aplicadas: enfoques disciplinares e interdisciplinares. Diálogos possíveis entre sociedades, culturas e sistemas de conhecimento.  Modelos teórico-metodológicos nas ciências sociais e aplicadas.  Métodos de pesquisa: produção, sistematização e análise de dados qualitativos e quantitativos. Bibliografia –

  • Epistemologias da Pesquisa (4 créditos)
    Ementa: Condições culturais e socioeconômicas de surgimento e desenvolvimento do paradigma hegemônico da ciência moderna. Características do paradigma hegemônico. A crise da ciência e das humanidades. As condições de emergência de novos paradigmas epistemológicos. Desafios epistemológicos contemporâneos. Exercitando o “olhar epistemológico” com base na observação da realidade local e global. – Bibliografia –

Optativas

 

1. Linha de pesquisa “Estado, Instituições e Governança”

  • Teorias da democracia (4 créditos)
    Ementa: Democracia e Política. Estado de Direito e Cidadania. Participação e Representação Política. A democracia representativa e seus problemas. Desigualdade e multiculturalismo. Democracia e justiça social. Democracia e políticas públicas. Concepções de democracia: realismo, normativismo e pluralismo. A democracia cosmopolita. Democracia na América Latina. -Bibliografia –

  • Políticas públicas comparadas (4 créditos)
    Ementa: Fatores econômicos, sociais e políticos importantes para a compreensão dos padrões diferenciados de formação e implementação de políticas públicas. Mudanças nos papéis do Estado, do mercado, da família e das organizações não governamentais na constituição da economia do bem-estar. A complexa interação entre os atores e as instituições com foco nos temas reformas sociais e difusão de políticas. Teorias explicativas para diferentes sistemas de proteção social. Políticas públicas: padrões internacionais com ênfase nos países latino-americanos. Políticas públicas no Brasil: história e características atuais. Gasto social e políticas públicas em contexto de economia de mercado e democracia. Processo de formulação, implementação e avaliação de políticas públicas. – Bibliografia –

  • Pluralismo jurídico (4 créditos)
    Ementa: O monismo como cultura jurídica estatal. Estado moderno, capitalismo e modernidade. A crise do paradigma estatal monista. Conflitos coletivos e o papel tradicional do Poder Judiciário. Pluralismo como novo paradigma de cultura jurídica. Fundamentos do Pluralismo Jurídico. As críticas ao Pluralismo. Pluralismo como práxis. Novos sujeitos sociais na América Latina e no Brasil. Pluralismo, novos movimentos sociais e justiça participativa – Bibliografia-

  • Cidadania e gestão social (4 créditos)
    Ementa: Situando o campo da Gestão Social. Crise, debate e evolução do papel do Estado no final do século XX. A entrada em cena do cidadão e do setor não governamental, importância, evolução, papel e abrangência. Gestão social de políticas públicas. Coprodução do bem público, sujeitos públicos não estatais; gestão social e setor privado, responsabilidade social empresarial como estratégia de marketing e/ou de desenvolvimento sustentável. Problemas, práticas e métodos da GS. – Bibliografia –

  • Tópicos especiais em políticas públicas (2 créditos)
    Ementa: Temas e pesquisas em andamento, relacionados à linha de pesquisa Estado, Instituições e Governança, sobre formulação e implementação de políticas públicas, proporcionando uma compreensão das interações entre o Estado e a diversidade dos atores sociais envolvidos, direta ou indiretamente, na formulação e execução das políticas públicas.

  • Tópicos especiais em políticas sociais (2 créditos)
    Ementa: Temas e pesquisas em andamento, relacionados à linha de pesquisa Estado, Instituições e Governança, sobre formulação e implementação de ações governamentais, com vista à compreensão das relações entre Estado e sociedade na garantia de diretos,  cidadania, justiça social e ambiental.

2. Linha de pesquisa “Sociedade, Cultura e Ambiente”

  • Etnicidades e interculturalidades (4 créditos)
    Ementa: Introdução aos estudos das sociedades étnicas, em especial as ameríndias e dos grupos afro-americanos, mas também de ciganos, seringueiros, piaçabeiros, pescadores, catadores de coco, fundos de pasto e outros agrupamentos camponeses diferenciados no Brasil contemporâneo. Apresentação de cosmologias e cosmovisões comparadas, de relações e fricções interétnicas. Apresentação dos conceitos de identidades coletivas, dos processos de territorialização, e do sentimento de pertencimento. Discussão das abordagens a partir da organização social e culturalista. Problematizações em torno das relações entre grupos étnicos e Estado: multiculturalismo, pluralismo constitucional, direitos diferenciados e interculturalidades. Estudar os processos de discriminação e exclusão presentes na sociedade, a partir dos conceitos de diferença, identidade e alteridade. – Bibliografia –

  • Patrimônio histórico-cultural e gestão pública (4 créditos)
    Ementa: São apresentadas, analisadas criticamente e questionadas as políticas de proteção e gestão pública do patrimônio histórico-cultural em toda sua diversidade e extensão, políticas e gestão estas que envolvem a preservação, guarda, conservação e estratégias destinadas à sua extroversão pública, promoção e disponibilização por meio de exposições, musealização e proteção in situ dos lugares, paisagens, bens e eventos socioculturais que o integram. -Bibliografia-

  • Territórios, Patrimônio Social e Ambiente (4 créditos)
    Ementa: Estudos sobre memória e territorialidade; sobre como a relação de grupos sociais com seu meio físico contribui na formação de identidades coletivas e de que formas estas constroem identidades nacionais. Como se estabelece o sentimento de pertencimento a partir das práticas cotidianas locais e imbricadas no território, tanto para a reprodução física, através do manejo de recursos naturais, técnicas, saberes, modos de fazer e sua cultura material, quanto para a reprodução simbólica através da cultura imaterial e suas expressões artísticas, ritos e festas. A produção de paisagens através do manejo de recursos naturais e pela projeção de valores culturais e simbólicos sobre o território; a cultura material, rituais de demarcação e lugares de memória. A sistematização de diferentes abordagens do conceito de território: processos de territorialização, territorialidades específicas e dinâmicas territoriais; a noção de multiterritorialidade e territórios de gestão pública. Apresentação da história da constituição de políticas de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e suas derivações contemporâneas, tanto na forma do Patrimônio Cultural Material e Imaterial, como na formação do SNUC – Sistema Nacional de Unidades de Conservação, visto como um processo sociopolítico conforme refletido no campo de tensões durante processo de negociação entre diferentes noções da relação entre comunidades e ambiente. -Bibliografia-

  • Processos de subjetivação e cidadania (4 créditos)
    Ementa: Cidadania e subalternidade. Processos de subjetivação no contemporâneo, movimentos sociais e a luta política por direitos. Igualdade e diferença: questões identitárias e pós-identitárias na dinâmica social. Direitos Humanos, Políticas Públicas, proteção social e a construção de cidadania – Bibliografia-

  • Antropologia e Tecnologia: construção de diálogos interdisciplinares na superação das dicotomias (04 créditos)
    Ementa: A visão antropológica sobre as tecnologias e as técnicas e diversas formas de indústrias (em perspectiva diacrônica e sincrônica), necessariamente remete a uma abordagem transcultural e à interculturalidade, em que a cultura material apresenta uma correspondente organização sociocultural. Neste mesmo sentido as culturas e as sociedades apresentam diversos e diferenciados níveis de complexidade e, portanto, desenvolvimento,  no sentido que modernamente se atribui a este conceito. A abordagem antropológica pauta-se por uma abordagem processual, no entendimento das técnicas a partir de lógicas e práticas de uso e, consequentemente, possibilita a superação das dicotomias Homem/Natureza. -Bibliografia-

  • Tópicos especiais em sociedades contemporâneas (2 créditos)
    Ementa: Temas e pesquisas em andamento, relacionados à linha de pesquisa Sociedade, cultura e ambiente, enfocando formas de vínculo, mediações, processos de identificação, de diferenciação, de hegemonia e assimetrias em contextos contemporâneos.

  • Tópicos especiais em interculturalidade (2 créditos)
    Ementa: Temas e pesquisas em andamento “sobre” e “com” a diversidade dos processos de interação em sociedades contemporâneas, investigando as interfaces conceituais (e suas consequências) entre os saberes e produção acadêmica e os saberes e produção dos diversos atores sociais.


UFSB Copyright 2015. UFSB - Universidade Federal do Sul da Bahia - Todos os direitos reservados. Google+