Portal do Governo Brasileiro
Sobre – BI Saúde

Sobre o BI em Saúde

grande área

áreas de concentração

ofertas

PPC

atividade complementar

SOBRE O BI EM SAÚDE

O Bacharelado Interdisciplinar em Saúde é um curso de graduação de 2.730 horas cujo objetivo é oferecer formação geral humanística, científica e artística no campo da saúde, de modo interdisciplinar, promovendo o desenvolvimento de competências e habilidades que conferem autonomia para a aprendizagem interprofissional e uma inserção mais abrangente no mundo do trabalho. Também tem como objetivo possibilitar ao estudante a aquisição de competências e habilidades gerais e específicas para o aprendizado de fundamentos conceituais e metodológicos para uma posterior formação profissional e/ou ingresso em curso de pós-graduação.

O profissional formado no BI-Saúde deve estar apto a aprender continuamente, analisar criticamente e compreender limites e impactos do conhecimento científico e suas tecnologias no campo da saúde, hábil tecnicamente, sem prescindir dos requisitos humanísticos, éticos e solidários para o trabalho e a vida em sociedade. Ao compreender e aplicar, durante a formação universitária, conhecimentos sobre questões socioculturais em interação com o campo da saúde, em perspectiva interdisciplinar, o estudante adquire uma prática social mais rica e efetiva, capaz de promover mudanças sustentáveis nas condições de vida da comunidade.

Considera-se as seguintes competências prioritárias à formação: 
a) Compreender/conhecer a complexidade da realidade; 
b) Compreender/conhecer as bases bioecológicas e socioculturais dos processos vitais normais e patológicos (saúde-enfermidade-cuidado); 
c) Atuar em prol da transformação da realidade por meio de práticas interdisciplinares em equipe interprofissional; 
d) Agir com autonomia e auto-organização, comprometendo-se com a educação permanente; 
e) Desenvolver proficiência em língua portuguesa e em línguas estrangeiras e demonstrar capacidade de comunicação, escuta ativa e empatia; 
f) Empregar com eficiência recursos tecnológicos de informação e conectividade em processos de ensino-aprendizagem e práticas de seu campo de atuação; 
g) Compreender a Linguagem Matemática e o Raciocínio Computacional e aplicá-los à simulação e análise da realidade; 
h) Conduzir-se de acordo com preceitos éticos e deontológicos.

Vimos que a proposta pedagógica dos BI baseia-se em três eixos estruturantes: mobilização para o conhecimento mediante Compromisso de Aprendizagem Significativa; cooperação intersubjetiva, participando de um Sistema Integrado de Aprendizagem Compartilhada; e construção com base na prática, por meio da Aprendizagem Orientada por Problemas Concretos. No caso do BI-Saúde, assume-se um quarto eixo orientador: Educação baseada na comunidade e orientada pela Atenção Primária à Saúde (APS).

Da Formação Geral, que totalizou 930 horas, três CCs são optativos para a FG mas obrigatórios para o BI-Saúde (Grande Área e todas as AC), somando 180h ou 12 créditos, e precisarão ser cursados pelos estudantes da ABI: 1) Campo da Saúde: Saberes e Práticas (60h); Oficina de Textos Acadêmicos e Técnicos em Saúde (60h); e Perspectivas Matemáticas e Computacionais em Saúde (60h). Entretanto, os CCs relacionados ao eixo de Formação Específica terão, de fato, lugar nos segundo e terceiro anos do BI. Nessa Etapa, o estudante tem duas opções: a) ingresso em uma Área de Concentração (AC); b) permanência na Grande Área, que assegura formação interdisciplinar no campo da Saúde. Esta etapa conta com carga horária total mínima de 1.800 horas ou 120 créditos. 

 

 

 




UFSB Copyright 2015. UFSB - Universidade Federal do Sul da Bahia - Todos os direitos reservados. Google+