arte aprovação eng florestal

Curso de Engenharia Florestal foi aprovado pelo Consuni

15 de setembro de 2017   //   Por:   //   Notícia

Mais um curso de segundo ciclo estará à disposição para alunos da UFSB, com a aprovação do plano político-pedagógico de curso (PPC) de Engenharia Florestal. O documento foi apreciado e votado favoravelmente por unanimidade na reunião do Conselho Superior da UFSB desta quarta-feira (13).

O curso de Engenharia Florestal é o segundo a integrar o Centro de Formação em Ciências e Tecnologias Agroflorestais (CFCTAf)​, depois da aprovação do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental. Ambos funcionarão na sede do CF, junto à Ceplac. O Curso de Engenharia Florestal oferecerá 20 vagas nos processos seletivos para os cursos de 2º ciclo. O próximo passo é a nomeação dos membros do Colegiado do Curso e do Núcleo Docente-Estruturante.
 
A Engenharia Florestal é o ramo da Engenharia que estuda o uso sustentável de recursos florestais. Assim, o engenheiro florestal pesquisa as formações florestais e planeja o consumo responsável e sustentável daqueles recursos, organizando esse uso a fim de preservar fauna e flora. Seleção de sementes, melhoramento vegetal, planos de recuperação de áreas degradadas, projetos de reflorestamento e de arborização urbana são atividades especializadas a cargo dessa categoria profissional. A carreira acadêmica e a abertura de um empreendimento próprio também são opções para engenheiros florestais.
 
Os postos de trabalho no país envolvem funções no setor público e na iniciativa privada, como empresas de celulose, por exemplo, mas há mais segmentos de atividade que demandam pessoal especializado. Conforme a relatora do PPC do curso, a professora Mara Lúcia Agostini Valle, a média salarial inicial é de R$ 6 mil a R$ 8 mil.
 
Nos links abaixo é possível conferir mais informações genéricas sobre a carreira e o mercado de trabalho para os engenheiros florestais: