195A2055

Decanos eleitos para os Centros de Formação do CJA foram empossados

1 de agosto de 2017   //   Por:   //   Notícia
Os decanos eleitos para os Centros de Formação em Ciências e Tecnologias Agroflorestais (CFCTAf) e em Tecno-Ciências e Inovação (CF-TCI) receberam os cargos em solenidade realizada na segunda-feira (31/07), no Auditório do Campus Jorge Amado.
 
Após assinatura dos termos de posse, o primeiro a falar foi representante da comunidade externa, Antônio José, que falou do estudo como forma de libertação da comunidade. Em seguida, o representante dos técnicos administrativos, João Sebadelhe, destacou a atuação dos taes nos processos de consulta, como categoria envolvida na construção da universidade.
 
O vice-decano eleito para o CF-TCI, professor Marcelo Teles Soares, falou do esforço para o amadurecimento institucional. Disse estar feliz de fazer parte da instalação de uma universidade que já está se inserindo na região. Relembrou dos desafios defrontados em 2013, na fase que chamou de embrionária, com poucos docentes, sem infraestrutura e propostas diferenciadas. O decano eleito do CFTCI, professor Robson Magalhães, evocou a felicidade em participar do processo de implantação da UFSB, ainda mais por ser grapiúna. Valorizou o papel da diferença na construção da universidade. Fez votos de que a UFSB se torne a catalisadora de novas soluções e fomentadora de união e progresso. “Estou aqui a serviço de vocês”, finalizou.
 
O vice-decano do CFCTAf, Carlos Eduardo Pereira, parabenizou todos os gestores eleitos. Disse que está feliz em assumir esse compromisso de colaborar para a instalação da universidade, e que vai cooperar da melhor forma possível para ajudar na preparação institucional para receber os públicos. O decano eleito do CFCTAf, professor Daniel Piotto, agradeceu os votos e o apoio, e valorizou a atuação do colega de chapa. Piotto destacou que uma das características da UFSB é ser a universidade da Mata Atlântica: “Para isso, vamos ter de trabalhar muito”, ressaltou, ao mencionar a necessidade de atrair recursos e formar pessoas com qualidade. O decano pontuou ainda a importância de cooperar para superar a crise e convidou o público a visitar as instalações do CFCTAf na CEPLAC.
 
A representante discente, Joane Almeida, mencionou a falta de mulheres na composição da mesa. O reitor Naomar falou da importância da visão histórica sobre o processo de implantação, que ele avaliou que muitas vezes é esquecida no julgamento sobre o estado atual da UFSB. Naomar falou sobre a adversidade, que ensina a uns e paralisa outros, para exemplificar o processo gradativo de instalação da UFSB. Anunciou os movimentos de editais para concurso e redistribuição, bem como a primeira missão de uma universidade estrangeira, com a visita dos professores de Princeton, ao longo da semana.