Discentes da UFSB marcaram presença nos Jogos Universitários da Bahia 2017

4 de maio de 2017   //   Por:   //   Informativo

De 27 de abril a 1º de maio, discentes da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) participaram dos Jogos Universitários da Bahia (JUBA), na cidade de Lauro de Freitas. A UFSB teve representantes nas modalidades do Futsal Feminino e Masculino, pela primeira vez na modalidade de Handebol masculino e na modalidade Artigos Acadêmicos. Segundo relato enviado à Prosis pela graduanda no BI de Saúde, Letícia Ferreira da Silva, as equipes avançaram nas fases classificatórias, apesar de não treinarem juntos ao longo do ano, devido à distância entre os campi e os Colégios Universitários. Mas o resumo do esforço é positivo e abre alguns horizontes, como relata Letícia:

 

“As nossas guerreiras do futsal deram tudo de si na tentativa de conseguir o título e resistiram até o último segundo de jogo, recebendo elogios dos mais diversos por parte de outras instituições, bem como da Federação Universitária Baiana de Esportes (FUBE). Os guerreiros do Handebol, que haviam se conhecido na viagem, mostraram entrosamento na quadra, foram admirados e elogiados, além de trazer o troféu do 5º lugar na modalidade. Os nossos atletas do futsal masculino conseguiram, pela primeira vez em 3 anos, uma vitória, finalizando o segundo jogo com o placar de 5×3 contra a UNINASSAU, chegando as quartas de final. A atleta e discente Amanda Ferreira, do Campus Sosígenes Costa, trouxe o troféu de campeã na modalidade Acadêmica.

Todas e todos tiveram bom aproveitamento em quadra e, atualmente, encontram-se mais motivados a participar de novas competições esportivas. Porém, sabemos que para obter o resultado que se espera é preciso preparo e treinamento. Sendo assim, precisamos nos organizar para encontrar apoio e parceiros nessa caminhada. Pois as competições universitárias estaduais são seletivas para os campeonatos brasileiros, os quais são seletivos para os campeonatos internacionais e para convocação para a Seleção Brasileira Universitária. Assim, atingindo alguns níveis, os atletas podem obter a bolsa-atleta, uma ajuda de custo muito importante, principalmente no país onde tão pouco se investe no esporte.”