esponja de prato

UFSB começa a recolher buchas de cozinha para a reciclagem.

27 de abril de 2017   //   Por:   //   Notícia

Você sabia que as buchas de cozinha utilizadas no nosso dia a dia podem e devem ser recicladas? As empresas recicladoras transformam essas buchas usadas em uma nova matéria, chamada pallet, que é utilizada para construção de objetos como, por exemplo, bancos.

A Coordenação de Sustentabilidade, com ajuda do Ecotime, identificou uma empresa que recicla buchas de cozinha, portanto, estão sendo criados, em cada campi, pontos de coleta confeccionados por estudantes que fazem parte do Ecotime.

 

Vantagens ecológicas da bucha vegetal e desvantagens da bucha sintética

BUCHA VEGETAL

Bucha Vegetal

A bucha vegetal é uma planta de fácil cultivo, biodegradável e é facilmente reintegrada ao meio ambiente após o uso. Em poucos meses vira nutriente para o solo e não é nociva à natureza; a bucha sintética tem tempo indeterminado para se degradar, ou seja, demora mais de 400 anos para ser reabsorvida pelo meio ambiente. A bucha vegetal é tão eficiente para lavar a louças quanto a esponja sintética derivada do petróleo.

Atenção:

Assim como as buchas sintéticas, as buchas vegetais devem ser descartadas, quando apresentarem sinal de deteriorização, para evitar a proliferação de bactérias e contaminação da louça. Alguns fabricantes indicam na embalagem o uso e descarte das buchas em 1 semana. Se obedecermos essas instruções, descartando uma bucha por semana, serão cerca de 52 buchas por ano. E, se todas as buchas utilizadas, forem de esponja derivadas do petróleo, você poderá deixar um legado após aproximadamente 80 anos de vida de 4680 buchas que empilhadas ocupariam o espaço de 514,8 metros (11 cm x 4680=514,8m) de comprimento por 351 (7,5 cm x 4680=351m) metros de largura, ou seja cerca de 30 hectares de lixo não degradável espalhado!

Fonte: http://www.dicascaseiras.org/use-bucha-vegetal-para-lavar-loucas/  (texto adaptado)

 

  • Fotos ilustrativas