195A1061

UFSB busca parceria com prefeitura e outras instituições para elaborar plano de ações para qualidade de vida de bairros de Itabuna

21 de fevereiro de 2017   //   Por:   //   Notícia

Na semana passada, reuniram-se no Campus Jorge Amado da Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, representantes da Prefeitura Municipal de Itabuna – PMI, servidores e discentes da UFSB, lideranças da comunidade e uma docente da Unime, para elaborar um plano de ações integradas voltado para a melhoria da qualidade de vida das comunidades de Ferradas, Nova Ferradas e Boa Esperança.

Tendo como foco a revitalização de um dos afluentes do Rio Cachoeira que passa por estes bairros, o Rio Jacarezinho, os participantes da reunião discutiram possíveis parcerias e estratégias para desenvolver um projeto-piloto de atuação integrada, envolvendo sociedade, poder público e universidades, que possa servir de exemplo para futuros trabalhos a serem desenvolvidos também em outros bairros da cidade. Esta representou a segunda reunião da UFSB com a PMI, para o desenvolvimento deste projeto piloto.

A equipe da PMI estava representada pelo Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, John V. O. Nascimento; pelos Diretores de Meio Ambiente e de Agricultura, respectivamente, Paulo Afonso Carvalho e Antônio Tadeu N. Dorea; pelos fiscais de Meio Ambiente e de Indústria e Comércio, respectivamente, Marcos de Almeida e Antônio M. Martineli; assim como pela Assistente Social Dulce C. F. Marinho e a geógrafa Edinelia C. Costa. Todos demonstraram grande interesse em trabalhar em parceria com a UFSB, apoiando a criação e execução de projetos voltados para as comunidades de entorno do campus em Itabuna. De acordo com os representantes, é uma prioridade da nova gestão buscar soluções junto com os diversos setores da sociedade e suas organizações.

As lideranças comunitárias Silas S. Araújo e Antônio J. da Conceição, que também é estudante da UFSB, no BI de Ciências, participaram ativamente da reunião, defendendo os interesses e as prioridades das comunidades às quais pertencem.  

A UFSB, representada pela Coordenadora de Sustentabilidade, Valerie Nicollier, e o Coordenador de Qualidade de Vida, Jorge L. S. Guimarães, que integram a Pró-reitoria de Sustentabilidade e Integração Social, entende a necessidade de atuar no entorno da Universidade, no intuito de contribuir para o desenvolvimento sustentável da região, sendo a sustentabilidade ambiental, econômico e social um princípio essencial do projeto político-pedagógico da instituição. Por esta razão, a UFSB tem um programa permanente que envolve estudantes na realização de ações voltadas para a sustentabilidade, o “ecotime”.

 O projeto-piloto deverá servir de incentivo para que estudantes de graduação, tanto da UFSB como de outras instituições de ensino superior, envolvam-se com as comunidades de entorno do campus, desenvolvendo tecnologias sociais na área da saúde, educação, saneamento, conservação da biodiversidade e dos recursos hídricos.

Considerando algumas experiências de revitalização de espaços públicos já realizadas, tanto pelo Grupo SustentaCidade, representado pela Professora da Unime, Simone Gualberto Santo, como pelo MESB, do qual o Secretário John foi sócio fundador, discutiu-se a necessidade de iniciar o trabalho com um amplo diagnóstico para conhecer as comunidades, seus ativos, suas necessidades e prioridades. Esse levantamento inicial deverá ser feito por estudantes, sob a orientação de docentes da UFSB, da Unime e de outras instituições.