mapa das linhas de transmissão no Brasil junto com sua representação esquemática em forma de rede

Projeto sobre Rede Complexa de Energia Elétrica Brasileira é um dos nove projetos de docentes da UFSB aprovados pela Chamada Universal do CNPq

6 de fevereiro de 2017   //   Por:   //   Notícia

O CNPq lança todos os anos a sua Chamada Universal com o objetivo de democratizar o fomento à pesquisa científica e tecnológica no País, contemplando todas as áreas do conhecimento. Mesmo sendo uma das Universidades mais novas do Brasil, dos 165 projetos aprovados no Estado da Bahia, nove foram de docentes da UFSB. Dentre os projetos, encontra-se o do docente Fabrício Luchesi Forgerini, intitulado “Caracterização, análise e prevenção de falhas na rede complexa de energia elétrica brasileira”.

O docente explica que o objetivo do projeto é estudar a rede complexa de energia elétrica brasileira por meio de sua caracterização e pela análise de fragilidades do sistema.  Para isso, a rede de alta tensão de distribuição de energia elétrica será mapeada por meio de uma rede complexa, o que permitirá a análise da mesma, considerando o fluxo de energia em diferentes linhas de transmissão.

Com isso, será possível identificar os pontos de fragilidade no sistema, podendo prevenir falhas e mesmo blackouts, além da possibilidade de criação de políticas públicas mais direcionadas e a aplicação de recursos financeiros de forma mais otimizada pelas empresas concessionárias de distribuição de energia elétrica.

Fabrício afirma que o projeto deve gerar duas grandes contribuições, uma científica e outra econômica/social: “A primeira das contribuições, envolve um novo estudo da rede, de forma dinâmica. Nenhum outro trabalho em redes complexas de energia elétrica apresenta tal estudo dinâmico, sendo esta uma característica inovadora e inédita para a área de redes complexas. As técnicas a serem desenvolvidas neste projeto podem ser posteriormente aplicadas a uma grande gama de problemas práticos e também teóricos no estudo de redes complexas“.

Em relação à contribuição econômica/social, ele defende que o projeto proposto pretende apresentar uma série de possíveis pontos para inovação nos investimentos na área, possibilitando ganhos econômicos para empresas e sociais, para a população em geral, com a melhoria na qualidade dos serviços de fornecimento de energia elétrica.

Fabrício ainda enfatiza que o projeto visa contribuir para a melhoria de infraestrutura de pesquisa na Universidade Federal do Sul da Bahia, além de contar com a participação de estudantes em grupo de pesquisa para desenvolvimento local de uma futura pós-graduação.