mata nativa

Parceria entre pesquisadores e empresa libera licenças do software Mata Nativa

17 de fevereiro de 2017   //   Por:   //   Notícia

Uma parceria entre pesquisadores do Centro de Formação em Ciências e Tecnologias Agroflorestais (CFCTAgro) e a empresa Cientec vai permitir o uso de software Mata Nativa 4.0 para ensino e pesquisa na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), sem custos para a instituição. Os cientistas da área agroflorestal utilizam o programa em aplicações específicas, como gestão e ampliação de inventários florestais. A parceria foi acertada em 13 de dezembro de 2016, com o engenheiro florestal e consultor de vendas da empresa, Marcelo Christovam Simões.

 

Conforme o engenheiro florestal e professor da UFSB, Gerson dos Santos Lisboa, uma parceria acordada para o momento contempla a cessão e a instalação de sete licenças do programa em computadores do CFCTAgro, com pré-aviso de renovação anual e envio de feedback à Cientec. Há possibilidade futura de cessão de outras licenças quando o centro de formação contar com um laboratório de computadores.

 

Em sua versão mais atual (4.0), o Mata Nativa é uma ferramenta para estudos que envolvam a realização de inventários florestais e análises fitossociológicas, reunindo diversas técnicas para estes fins. A grande novidade é a integração do software instalado em um notebook ou em um computador de mesa com o aplicativo de smartphone. Com isso, o pesquisador pode usar a câmera do telefone móvel para fotografar uma árvore e marcar a localização do espécime com o GPS, por exemplo, integrando depois os dados coletados em campo com a base de informações em seu espaço de trabalho no laboratório ou escritório.

O programa permite realizar diagnósticos qualitativos e quantitativos de formações florestais, elaborar inventários de florestas e monitorar projetos de desenvolvimento contínuo.

A Cientec
O programa Mata Nativa foi criado em 2001, por pesquisadores e empreendedores ligados à Cientec, empresa formada na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Federal de Viçosa. Conforme o site do produto, a carteira de clientes inclui Petrobras, Vale, Cenibra e Natura. O programa é empregado em pesquisas em todos os estados do país, somando mais de mil usuários. A Cientec mantém a prática de estabelecer parcerias com pesquisadores e universidades, aproveitando os comentários, críticas e sugestões para melhorar o software.