FOTO

Curso de Direito da UFSB recebe apoio da Faculdade de Direito da UFBA

13 de fevereiro de 2017   //   Por:   //   Notícia

O curso de Direito da Universidade Federal do Sul da Bahia contará com o apoio da Faculdade de Direito da UFBA para sua implantação, iniciando pela organização de um Núcleo de Justiça Restaurativa ainda este ano, disponível para os alunos da Área de Concentração em Estudos Jurídicos do BI de Humanidades. O Reitor Naomar Almeida Filho reuniu-se com o Prof. Celso Castro, Diretor da Faculdade de Direito da UFBA, nesta sexta-feira, dia 10/2, e com o Bel. Alberto Absehusen, Assessor da Presidência do Tribunal de Justiça da Bahia, acertando os termos de um convênio entre as instituições para viabilizar o formato inovador da formação jurídica em regime de ciclos. 

Com base nesse convênio, estudantes do Curso de Direito da UFSB terão aulas com professores visitantes do quadro docente da UFBA, além da possibilidade de cursar matérias no campus Salvador da UFBA, que terão creditação automaticamente reconhecida. Igualmente, alunos da Faculdade de Direito da UFBA poderão reciprocamente assistir aulas na UFSB, recebendo creditação pelas atividades. Nessa mesma reunião, ficou acertada a abertura na UFSB de um núcleo de justiça restaurativa, aplicando métodos consensuais de superação de conflitos, como atividade de prática jurídica não restrita a advogados e, portanto, aberta aos alunos de BI ou LI.

A Faculdade de Direito da UFBA, com 125 anos de fundação, é uma das mais prestigiadas escolas de formação jurídica do país. Metade das suas vagas noturnas são destinadas a egressos do BI em Humanidades da UFBA. Alunos que completarem o primeiro ciclo num dos três campi da UFSB poderão postular a progressão inclusive para a formação jurídica complementar na UFBA.

* Foto da esquerda para a direita: Osvaldo Barreto, Assessor da UFSB; Naomar Almeida-Filho, Reitor pro-tempore da UFSB; Celso Braga de Castro, Diretor da FD/UFBA; Alberto Absehusen, Assessor do Tribunal de Justica, Miriam Santana, Diretora do programa de Formação Jurídica da SRH/Bahia; Rosanete Fernandes, da Comissão Científica do Tribunal.