195A9824

José Pacheco finaliza visitas à UFSB no Quilombo de Helvécia e faz promessa de parceria

4 de outubro de 2016   //   Por:   //   Sem categoria

195A9468O educador José Pacheco esteve presente nos três campi da UFSB, na última semana, para falar sobre seus projetos na área da Educação e metodologias que quebram com o tradicionalismo presente na maioria das escolas, colégios e universidades.

Na cidade de Teixeira de Freitas, em sua visita final, Pacheco, Valdo Cavallet, Paulo Nacif e o reitor Naomar de Almeida, debateram, em dois momentos, com docentes do município, do estado, das Universidades e Instituições Federais e com os discentes do campus sobre diversos assuntos na área da educação, como inclusão, autismo, preconceito e diversidade.

Um ponto bem criticado por Pacheco, foi o fato de as escolas não possuírem equipes de educadores com especialistas, 195A9612tendo em seu lugar pessoas que trabalham de forma individual. Ele frisou que escolas não são edifícios, são pessoas que trabalham no coletivo. Em suas histórias, o educador sempre ressalta a importância do trabalho em conjunto e afirma: “O professor não é um solitário: é solidário”, reiterando que o processo de “ensinagem”, como ele mesmo diz, é uma construção coletiva.

José Pacheco, Naomar de Almeida, Paulo Gabriel Nacif, estudantes e docentes da casa visitaram também o Quilombo de Helvécia, distrito de Nova Viçosa, onde puderam conhecer mais sobre a história do local e seus habitantes. Em conversa, a representante do Conselho Estratégico Social da UFSB e membro do 195A9620quilombo, Tidinha, falou o quanto é difícil para a sua comunidade ter uma educação de qualidade, tendo em vista a pequena quantidade de habitantes e o difícil acesso ao local.

Ao final do diálogo, Pacheco se prontificou a ajudar a construir uma educação mais colaborativa e não-tradicional no quilombo, já que possui diversas experiências semelhantes. Dessa forma, a partir de agora, a UFSB intermediará o processo de diálogo entre o Quilombo de Helvécia e José Pacheco, para quebrar as barreiras do acesso à educação, preservando e consolidando a cultura existente no local.

Para conhecer mais o trabalho do Educador, acesse: projetoancora.org.br e ecohabitare.com.br