IMG-20160701-WA0045

Desenvolvimento regional, base curricular e cultura na SBPC Educação

2 de julho de 2016   //   Por:   //   Notícia

Diante de um público acima do previsto, a reunião da SBPC Educação abriu os trabalhos na quinta-feira (1/07) no Campus X da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Teixeira de Freitas. A solenidade foi prestigiada por autoridades do município, do estado da Bahia e do governo federal. Apenas na fase de inscrições online, o evento com ultrapassou a marca de 1.200 inscritos, com mais participantes se credenciando durante a manhã. Professores e estudantes da Educação Básica e do ensino Superior formam o público visado pela atividade, realizada conjuntamente pela UNEB e pela Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

A SBPC Educação integra a programação da 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e é uma atividade que foi retomada, após alguns anos desde a última edição, em 2013, em Pernambuco. Para a edição 2016, a conferência de abertura tratou da Base Nacional Comum Curricular, contando ainda com mesas-redondas sobre os mestrados profissionais e diversas apresentações culturais locais. O objetivo do evento foi expor e discutir tópicos relevantes e atuais no cenário do ensino fundamental, médio e superior, facilitando o diálogo propositivo e crítico, a conexão entre educadores dos diferentes níveis de ensino e o debate sobre diretrizes, tecnologias de ensino-aprendizagem e os desafios a superar na formação de professores.

Houve espaço para a exposição de projetos, como a mostra fotográfica “Êxodos”, com registros de Sebastião Salgado e organização da professora Marina Miranda, coordenadora do projeto de ensino, pesquisa e extensão em Experiência do Sensível. Uma feira da Agricultura Familiar mostrou a produção de alimentos in natura, bebidas, doces e biscoitos produzidos por assentamentos da reforma agrária da região. As instituições participantes do evento levaram seus estandes para oferecer informações e serviços.

O evento foi aberto com a performance “Antropofagia”, pelos integrantes do movimento cultural Arte Manha. Em seguida, a mesa de honra foi composta pelo reitor da UNEB, professor José Bites de Carvalho; secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro; reitor da UFSB, professor Naomar Monteiro de Almeida Filho; pela vice-reitora da UNEB, professora Carla Liane Nascimento Santos; prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco Bittencourt; representante da SBPC no evento, professor Álamo Pimentel (UFSB); coordenadora local do evento e diretora do Departamento de Educação do Campus X da UNEB, professora Minervina Joseli Espíndola Reis, e representantes dos professores, técnicos-administrativos, alunos e dos coordenadores de colegiados.

A interpretação do Hino Nacional pela cantora Mirla Kleille e o grupo de capoeira Quilombo concluiu a etapa de composição da mesa de honra.

Os discursos trataram da relevância da atividade da SBPC para fomentar a ciência nacional, da importância da formação de professores e de mais investimentos no setor educacional público, do trabalho conjunto e interinstitucional para apoiar o desenvolvimento do Extremo Sul da Bahia por meio da educação.

Em seguida, o professor Álamo Pimentel iniciou a conferência sobre a Base Nacional Comum Curricular. A essência do conceito de uma base comum foi defendida por ele pelo que significa em termos de igualdade de oferta de ensino para todos, independente de renda e mesmo de nacionalidade de origem. No entanto, alertou Álamo, é preciso que esse esforço pela oferta igualitária de conhecimentos seja pautada pelo diálogo no ambiente educacional, pelo acolhimento e compreensão das diferenças, pela conexão de saberes entre a academia e as escolas, pela assunção de uma defesa da democracia e pela superação de restrições, como os muros disciplinares e ideológicos que separam docentes de diferentes áreas de saber. 

Após o intervalo do almoço, outras atividades previstas foram realizadas, com shows musicais e o início das mesas-redondas sobre os mestrados profissionais em Ciências e em Artes e Humanidades. O primeiro dia fechou com um  forró de confraternização na tenda cultural. A SBPC Educação continua sua agenda neste sábado, com mais mesas-redondas sobre formação de professores, bacharelados e licenciaturas interdisciplinares no Brasil, palestra sobre o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência e a conferência sobre a Formação de Professores para a Educação Básica, com o professor Daniel Puig (UFSB).

Agenda em Porto Seguro

A 68ª Reunião da SBPC vai começar em Porto Seguro, no Campus Sosígenes Costa da UFSB, no domingo (3/07), com o credenciamento das 09h às 16h para receber um público estimado em mais de 20 mil pessoas ao longo de todo o evento. O setor de credenciamento estará aberto nos demais dias para receber os participantes que não tenham feito as inscrições pela Internet.

A Sessão Solene de Abertura vai ocorrer às 18h, no Auditório Monte Pascoal 1.

A programação da SBPC engloba as sessões de pôsteres e de conferências da Programação Científica e as agendas da SBPC Jovem, SBPC Artes, SBPC Cultural, SBPC Indígena e SBPC Inovação. No dia 9, o Dia da Família na Ciência, não haverá programação de conferências e palestras, permanecendo as diversas exposições e mostras acessíveis ao grande público.

Todas as agendas podem ser consultadas no site do evento.