Sobre o fundo azul, aparece um triângulo amarelo com um sinal de interrogação na cor preta, com o símbolo da UFSB na parte inferior direita. Este cartaz indica a divulgação de um aviso ou comunicado da UFSB para seus públicos

Nota: Corte anunciado no PBP/MEC não afeta estudantes da UFSB

17 de maio de 2016   //   Por:   //   Comunicado

No dia 11 de maio de 2016, o MEC informou aos dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior a suspensão de novas inscrições para o Programa de Bolsa Permanência – PBP, devido ao crescimento vertiginoso dos estudantes contemplados e limitações de movimentação e empenho da programação orçamentária e financeira, para atender novas inscrições além dos 13.931 estudantes já contemplados. Excetua-se a essa situação, a inscrição de novos estudantes indígenas ou quilombolas, que poderiam continuar se inscrevendo normalmente no PBP.

A UFSB atualmente possui apenas 14 estudantes inscritos nesse programa (13 indígenas e 1 quilombola). Os demais estudantes de graduação da UFSB não possuem o perfil para inscrição no PBP, pois além do critério vulnerabilidade social, exige que o estudante esteja matriculado em cursos de graduação com carga horária média maior a cinco horas diárias.

Cabe informar que, a Bolsa Permanência do MEC é paga diretamente ao estudante via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, e se difere das Bolsas e Auxílios do Programa de Apoio à Permanência da UFSB que são efetivadas através de recursos do Programa Nacional de Assistência Estudantil – PNAES.

Portanto, o corte anunciado neste momento não afeta os estudantes da UFSB.

 

Joel Pereira Felipe

Pró-Reitor de Sustentabilidade e Integração Social

Nomeado pela Portaria nº 40 de 13/08/2014

 

Nota sobre o PBP(PDF).