FOTO ASCOM MEC

UFSB adere ao pacto nacional da Educação contra o Zika

15 de fevereiro de 2016   //   Por:   //   Notícias

O Ministério da Educação congregou reitores e representantes de instituições de ensino superior da rede federal e particulares e associações representativas da área educacional em reunião realizada no dia 4 de fevereiro, em Brasília. A vice-reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia, professora Joana Angélica Guimarães, representou a instituição no evento, que resultou na adesão massiva de organizações ao Pacto da Educação Brasileira contra o Zika. O tema foi a união de esforços em escala nacional para o combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, chikungunya e zika, no âmbito da campanha deflagrada pelo Governo Federal.

O intuito do Pacto é aproveitar os recursos estruturais e de pessoal do MEC e das redes estaduais e municipais para levar informações e boas práticas à população sobre o mosquito e a identificação da doença.

A vice-reitora comentou que a preparação da UFSB para se integrar aos esforços deve compreender uma campanha interna de conscientização da comunidade universitária. Um dos eixos envolve os cuidados com o ambiente local para evitar a proliferação de focos do mosquito. A mobilização para ações externas nos municípios onde a UFSB está instalada é outra ideia a ser proposta. 

No âmbito externo, a professora Joana explicou que a instituição vai contatar as instâncias locais envolvidas nas ações contra o mosquito. Esse cuidado servirá para ajustar as contribuições que a comunidade universitária pode oferecer ao trabalho que já está sendo feito nos municípios de abrangência da instituição. A fase de coordenação interna na UFSB, compreendendo a Reitoria, pró-reitorias e campi, servirá para o ajuste das propostas de atividades.